Deus é a Minha Porção

[Read the devotional «God Is My Portion» in English.]

Quando Jacó voltou à terra de Israel, ele sabia que tinha de enfrentar os pecados do seu passado. Ele tinha enganado o seu irmão e mentido ao seu pai para receber o direito de primogenitura e a bênção patriarcal. Durante vinte anos, Jacó morou com o seu tio na terra de Padã-Aram. A sua natureza enganosa fez com que conseguisse muitas riquezas à custa do seu tio Labão, agora sogro, e com medo de não incorrer na sua ira decidiu regressar para a sua terra. Jacó sabia que agora tinha de apaziguar a amargura do seu irmão e, por isso, preparou um presente generoso: bois, jumentos, ovelhas e servos. Quando Esaú ouviu que Jacó estava a voltar e viu os presentes que ele lhe enviou, reuniu 400 dos seus homens e saiu rapidamente ao encontro do seu irmão.

Jacó estava com medo das intenções de Esaú e por isso enviou à sua frente tudo o que tinha, inclusive a sua família. Na véspera deste reencontro, Jacó estava sozinho e teve um encontro com Deus. Durante toda a noite eles lutaram; o usurpador contra o provedor, e, no final, Jacó recebeu a bênção de Deus. Quando amanheceu, Esaú chegou. Em vez de ira, houve perdão e amor. Esaú sentiu-se ofendido pelos presentes que Jacó tinha enviado. O seu amor não exigia uma oferta de paz. Ele disse a Jacó: «Eu tenho o suficiente.» (Génesis 33:9) A palavra hebraica para «bastante» aqui é «rab» que significa abundância, fartura e suficiência. Jacó insistiu dizendo que Deus o havia abençoado muito e que ele tinha «tudo». (v. 11).

Aquela noite com Deus, mudou a natureza de Jacó. Em vez de confiar na sua força e capacidade para obter as coisas pelo engano, ele reconheceu que Deus era tudo. Ele reconheceu que a razão para a sua sobrevivência e para a sua bênção era porque Deus estava com ele. Esaú prosperou  graças às suas capacidades e trabalho árduo. Ele tinha o suficiente. Ele estava satisfeito, mas Jacó tinha tudo. Deus era o seu tudo.

Anos mais tarde, David escreveu um versículo nos Salmos no qual ele declara que Deus é a sua porção, (Salmos 119:57). O que mais poderás querer ou precisar se tens Deus? Alguns têm a sua porção nas riquezas, talentos e fama desta vida, mas será isso suficiente quando a morte bater à sua porta e ficarem diante do Senhor? O que se compara com a riqueza que temos em Deus? O que mais satisfaz o desejo da nossa alma? O «suficiente» desta vida fica nesta vida, mas Deus como nossa porção, é o nosso tudo e é eterno.

À tribo de Levi não foi dada qualquer parte da terra de Israel, quando esta foi dividida entre as tribos. Essa tribo era para ser designada como uma tribo sacerdotal. A sua porção era o Senhor. Nós, que estamos em Cristo, recebemos essa herança sacerdotal. Deus é a nossa porção. Ele é a nossa herança. O Senhor é nosso tudo.

Escrituras para Meditar
Gn. 33:8-11; Sl. 119:57; I Pd. 1:2-5; 2:4-5

 

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa