Duas Cidades

[Continuação de Duas Sementes]

À medida que as duas sementes multiplicaram e o homem começou a povoar a terra, começamos a observar o desenvolvimento de dois sistemas mundiais. Estes dois sistemas de pensamento são inimigos um do outro, e são caracterizados por duas cidades.

A cidade da Babilónia, é fruto da semente da árvore do conhecimento do bem e do mal. Há aqui um dualismo fisiológico do bem e do mal, surge, produzindo uma dupla ideia e relativismo. Cada pessoa nesta cidade determina o seu destino e a sua motivação para aquilo que é certo ou errado aos seus próprios olhos. Não há absolutos ou padrões morais na Babilónia, mas sim a expressa vontade de cada geração.

A religião, aqui, é variada, pois cada um procura o seu próprio caminho para Deus e auto-realização. Respira-se fanatismo e indiferença, hipocrisia e sinceridade, incentivam-se guerras e promove-se a paz. Esta árvore com dois lados cria duplas personalidades que, na vida diária, são manifestas nas diferentes formas de agir, duma forma na igreja e de outra em casa, ou duma forma no trabalho e de outra com os amigos e família.

A cidade de Jerusalém, por outro lado, representa o governo de Deus. Não há democracia aqui, mas sim o governo de alguém benevolente, um Rei soberano. Jerusalém vem directamente do céu. Para entrar nesta cidade, primeiro, temos que morrer para o auto-governo, para a sua independência, e aceitar o senhorio de Jesus e o Seu Evangelho, que fala de unidade e paz. Segundo, no bem e mal está implícito a divisão e lutas, mas nesta cidade, de Deus, não há comités, aqui o povo de Deus procura fazer a Sua vontade acima de tudo, e ser dirigido diariamente por Ele.

A verdade não é relativa ao gosto ou desejo do indivíduo, mas é-lhe revelada por Deus. Deus deu-nos o Espírito Santo para nos trazer a toda a verdade. Ele vai guiar-nos para que diariamente alcancemos o nosso destino determinado por Deus. Aqui, o verdadeiro cumprimento é alcançado e a paz interior é encontrada.

Escrituras para meditar: Apocalipse 18; 21.9 -27; Tiago 1.8; Mateus 6.33; 28.18-20

[Continua em Duas Leis]

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa