Emanuel

[Read the devotional «The Love of God» in English.]

Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, o qual será chamado Emanuel, que traduzido é: Deus connosco.
Mateus:1:23

Este versículo é uma citação de Isaías 7:14, e revela um aspecto de Deus que é muito importante: «Deus está connosco.» A palavra «connosco» tem dois significados, primeiro, é o sentido que Ele é por nós. Ele está do nosso lado, não está contra nós, nem zangado connosco. Esta expressão, também se refere ao facto de Ele estar presente, Ele não está distante, está próximo. A Sua presença não se limita a certas ocasiões, ela é contínua.

Quando Deus enviou o Seu Filho, Jesus, à terra, foi para restaurar o relacionamento com o homem, que tinha sido destruído pelo pecado. Ele sempre quis estar com o homem, ter comunhão com ele e ser seu amigo. Devemos lembrar-nos que o homem virou as costas a Deus, não o contrário, e é Deus quem procura restaurar o homem, mesmo que isso implique a morte do Seu filho.

Alguns que sustentam uma visão deísta, acreditam que Deus criou o mundo e, em seguida, deixou-o ser gerido pelas leis naturais que Ele estabeleceu. O homem foi deixado a si mesmo, para usar e abusar como bem determinar. Mas as Boas Novas são que Deus ama o mundo e está envolvido em salvar o homem dos seus caminhos destrutivos. Jesus veio para abrir o caminho para Deus Pai, para que possamos comunicar com Ele. Tu não tens que gritar, para atrair a Sua atenção, um simples sussurro é suficiente; Ele está connosco. Em Apocalipse 3:20, é dito que o Senhor está à porta e bate. Ele está lá fora, e quer entrar. Se nós abrirmos a porta, Ele vai entrar e cear, ou ter comunhão connosco.

Ter comunhão com alguém é ser íntimo. É falar de assuntos importantes; ser transparente e sincero. Se Deus estivesse distante, Ele nunca falaria connosco. Ele comunica connosco de formas diferentes, e nós podemos comunicar com Ele. Não há necessidade de sermos superficiais, ou manter uma certa imagem, quando temos comunhão com Deus podemos ser nós mesmos. Ele ama-nos tal como nós somos. Isto é libertador e são Boas Novas.

O Natal é a celebração desta experiência com Deus. Deus veio ao homem para o salvar do pecado, e para ter comunhão com ele. Deus está aqui, Ele quer falar e compartilhar a Sua vida contigo. Abre a porta.

Escrituras para meditar
Hebreus 13.5; Romanos 8.31; II Crónicas 19.7; Apocalipser 3.20, Isaías 7.14; 9.6

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa