Truz-Truz

[Read the devotional «Knock, Knock» in English.]

A minha neta de 4 anos, J.J., está na fase de contar anedotas do truz-truz. Recentemente, passamos algum tempo juntos, e a nossa distracção foi contar anedotas. Se não conheces este tipo de anedotas ridículas, elas são mais ou menos como esta: Truz-truz! Quem é? Campa. Campa quem? É a campainha!” Eu sei que este humor é um pouco tolo, mas quando vem de uma criança de quatro anos é hilariante.

Ao ler os versículos truz-truz da Bíblia, não posso evitar de pensar neste tempo de brincadeira com a minha neta, mas a Bíblia não é uma anedota. Ela é séria. A Bíblia diz que Jesus está à porta e bate. Se abrirmos a porta, Ele entrará, (Apocalipse 3:20). Ele espera pelo nosso convite e deseja entrar nas nossas vidas. Ele anseia pela nossa resposta. Jesus também diz que se batermos à Sua porta, Ele vai abrir, (Mateus 7:7). Agora, porque irás bater, se não esperas que alguém abra a porta?

Este versículo também diz que quando pedirmos receberemos e quando buscarmos vamos encontrar. Em cada um há uma expectativa. Nós não pediríamos, bateríamos ou buscaríamos se soubéssemos que não haveria resposta. Esperamos uma resposta. Isto é fé. A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, (Hebreus 11:1). É saber que quando nós pedirmos, nós receberemos, que quando batermos, será aberto e que quando buscarmos, vamos encontrar.

O nosso pedir, bater e buscar pode ser feito de forma consciente ou inconsciente. Só o facto de concentrarmos a nossa atenção em alguma coisa, ativa este princípio. Nós podemos ficar à porta do medo e dizer: “Eu sei que não consigo passar neste exame,” ou “É impossível conseguir o emprego dos meus sonhos”, ou “de jeito nenhum eu vou alcançar esse objetivo.” Truz-truz.

Henry Ford uma vez disse: “Quer penses que podes ou não fazer algo, estás certo!” Quantas vezes, estamos concentrados naquilo que não desejamos? Tenta bater à porta de Jesus. Aquela porta que diz: “Eu posso todas as coisas, através de Cristo que me fortalece,” (Filipenses 4:13). Isaiah Thomas, um jogador profissional do Hall of Fame do basquetebol do Detroit Pistons, é um exemplo de um atleta que esteve focado em ganhar, em vez de pensar numa derrota eminente.

Em 1988, o Pistons, pela primeira vez, estavam nas finais da NBA contra o Los Angeles Lakers. Um dos momentos mais inspiradores e determinantes para Thomas, aconteceu no 6º jogo da série. Ele torceu severamente o tornozelo no terceiro período, mas continuou a jogar. A coxear e com muita dor, ele marcou 25 pontos em um único período, estabelecendo um recorde nas finais da NBA. Ele tinha definido na sua mente que ia ganhar. Ele estava a bater na porta certa.

Antes de pedires, define o que realmente queres. Será que tem a ver com as tuas necessidades reais ou sentidas? Ao receberes, irás melhorar o teu relacionamento com Deus e melhorar a tua eficácia com os outros? É a porta que realmente queres abrir? Talvez devas primeiro abrir a porta do teu coração para Jesus. Ele vai, então, entrar na tua vida e mostrar-te o que deves pedir, a porta à qual deves bater e a melhor coisa a buscar.

Jesus disse: “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas,” (Mateus 6:33).

Escrituras Para Meditar
Mateus 7:7; Apocalipse 3:20; Filipenses 4:13; Hebreus 11:1; Provérbios 3:6; Tiago 4:3

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa