Um Mundo virado ao Contrário

[Read the devotional «An Upside-Down World» in English.]

O Rei Salomão escreveu que viu “os servos a cavalo, e os príncipes andando sobre a terra como servos”, (Eclesiastes 10:7). Podemos dizer desta forma: “ele viu a natureza carnal e pecaminosa do homem a cavalgar em triunfo, enquanto a natureza de Cristo em nós caminha no pó.” Em um mundo virado ao contrário, onde a aparência e impressão têm prioridade sobre o caráter e a virtude, aqueles que realmente são “grandes” muitas vezes são invisíveis, e os superficiais e orgulhosos estão debaixo da luz dos holofotes. Há alguns anos, tive a oportunidade de ministrar a um grupo de cerca de 150 pastores e líderes de células, na província de Manchúria, na China. Não foram feitas apresentações formais, nem havia lugares especiais para os líderes principais. Um homem era responsável por mais de 60.000 discípulos, espalhados em igrejas domésticas em torno da província. Durante a semana em que estive lá, ele nunca me foi apresentado. Ele não queria montar o cavalo, contentava-se em andar na terra.

Eu tive a experiência contrária quando ministrei na Costa do Marfim. Quando entramos em uma aldeia, fomos recebidos com o som de chifres e muitas pessoas à beira do caminho acenavam como um sinal de boas-vindas. Fomos levados perante os chefes tribais e os representantes do governo local. No nosso encontro com eles, estivemos todos juntos para evitar suspeitas de que eles tinham interesses em benefícios pessoais. Cada um tinha o seu lugar para sentar-se, de acordo com a sua posição hierárquica. O tradicional copo de água foi passado, como sinal oficial de que eramos bem-vindos, e as apresentações foram feitas. Houve uma luta de poder entre os chefes e esta tornou-se óbvia quando chegou a vez de cada um falar. O assistente de um dos chefes, levantou-se e dirigiu-se à assembleia e, em seguida, quis apresentar o seu chefe, mas foi rapidamente repreendido pelos outros por ter saído do seu lugar. O presidente da câmara rapidamente acalmou o potencial conflito e desculpou-se connosco por esta demonstração de desonra.

Muitos, são motivados pela autorrealização e afirmação. Uma imagem de grandeza e capacidade é comercializada para todos verem. O homem deseja o trono, mas Jesus, o Rei dos reis, nasceu em uma manjedoura. Ele entrou em Jerusalém montado em um jumento. “Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores e experimentado no sofrimento,” (Isaias 53:3). Jesus não procurou a igualdade, Ele escolheu servir. Ele foi injustamente crucificado como um criminoso comum. É assim também com os seguidores do Todo-Poderoso. Mordicai sentou-se ao portão enquanto Hamã ficou diante do rei. Saul estava no trono, enquanto David estava escondido no deserto. Elias ficou em uma caverna, enquanto Jezabel ostentava-se no palácio. O copeiro tomou o seu lugar junto ao rei, enquanto José permaneceu na prisão. Estes, dos quais o mundo não é digno, tomaram o seu lugar na obscuridade, enquanto aqueles de reputação vergonhosa foram promovidos no glamour de “Hollywood”.

Este mundo virado ao contrário, não faz sentido, pois nele a virgindade é ridicularizada e a homossexualidade é admirada, as opiniões são exaltadas sobre a verdade e a luxúria é vista como amor. Tudo é oposto do que deveria ser, mas Deus, em Sua infinita sabedoria, usa o absurdo para trazer sentido e coloca-nos novamente no caminho certo. Ele agarra nos fracos e torna-os fortes, Ele eleva os humildes, Ele enriquece o generoso e Ele preenche aqueles que estão vazios. O Seu caminho para cima é para baixo. Portanto, não acredites na tua própria publicidade. Como Jesus, tomou o lugar de servo, entrega a tua vida para que outros possam viver. Ao dares tu vais receber. Ao respeitares os outros, tu vais ser honrado.”Nada façais por contenda ou vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo,” (Filipenses 2:3). Esta é a mente de Cristo. Esta é a mentalidade de grandeza.

Escrituras para meditar
Eclesiastes 10:7; Isaias 53:3-6; Hebreus 11:36-40; Filipenses 2:1-11

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa