Prontos para trabalhar

Na altura das vindimas, da apanha da pêra rocha ou de qualquer colheita, todas as mãos são poucas para a dimensão do trabalho. Pessoas deslocam-se de país em país para este tipo de trabalho. Estes indivíduos têm que estar dispostos a trabalhar desde o nascer do sol até ao seu pôr e são expostos aos grandes desafios climatéricos. São treinados e preparados de forma a colher o máximo no menor tempo.

Jesus disse aos Seus discípulos que, “a seara é grande”. A seara está pronta para a ceifa.

Estas mesmas palavras ecoam nos dias em que vivemos. Portugal está pronto para render-se aos pés de Cristo. As pessoas estão prontas e à espera de receberem as Boas Novas da Salvação.

Se a seara está pronta, então, temos que nos certificar que estamos prontos para trabalharmos nesta ceifa. Vamos largar as distracções, arregaçar as mangas para nos envolvermos nesta ceifa onde quer que estejamos.

Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos são os ceifeiros. 38 Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande ceifeiros para a sua seara.
Mateus 9:37-38

A geração de Josué

Quando eu era novo convertido, ouvi profecias que diziam que a nossa geração era a Geração de Josué, e recentemente ouvi isto novamente sobre a geração presente. De alguma maneira, creio que todas as gerações, desde o tempo de Cristo, creram que são a geração que herdará a terra, que entrará no cumprimento das promessas e verá a vinda do Senhor. A rotulagem de uma geração como “baby boomers“, “geração x” os “milénios”, serve para tentar entender as suas peculiaridades e características, mas o seu chamado e destino é o mesmo durante todo o tempo. Cada geração está em transição e cada geração deve cumprir a sua parte no propósito de Deus. Continuar a ler A geração de Josué