De Unigénito a Primogénito

[Read the devotional «From Only Begotten To First-Born» in English.]

Deus enviou o Seu filho unigénito para trazer salvação à humanidade, (João 3:16). Algumas doutrinas heréticas têm surgido por causa da interpretação errada da palavra «unigénito», atribuindo-lhe o seguinte significado: que foi gerado, que tem início, ou nascimento. Isto é um erro, que está baseado no significado da tradução e não no original. A palavra original grega é «monogenes», que tem dois significados distintos. O primeiro tem a ver com ser o único do seu tipo numa relação específica, e o outro refere-se a ser o único da sua classe, ser espécie única. Jesus é o Filho unigénito de Deus.

A Bíblia nunca se refere a Jesus como o único filho de Deus, como algumas traduções têm retratado, mas como o Filho unigênito de Deus. O termo «filho de Deus» não é exclusivo para Jesus. Os anjos e os anjos caídos foram chamados «filhos de Deus» (Jó 38:7, Génesis 6:2), assim como foi Adão, (Lucas 3:38), e até Satanás estava entre os filhos de Deus, (Jó 1:6). No Novo Testamento aqueles que nasceram de novo também são chamados filhos de Deus, (Romanos 8:14). Este «filhos» refere-se àqueles que foram diretamente criados por Deus. Mas, Jesus é o «monogenes»; uma classe distinta. Como João disse: «Ele estava no princípio com Deus», (João 1:2). Ele é antes da criação, acima da criação e é a segunda pessoa do Deus Triuno.

O propósito de Deus ao enviar o seu Filho unigénito foi para que Ele se tornasse o primogénito entre muitos irmãos (Romanos 8:29), sendo exclusivamente preeminente entre os filhos de Deus. Em quase todas as referências no Novo Testamento, o termo irmão é sinônimo de crentes. A palavra grega para «primogénito» é «prototokos». O antigo, filósofo grego, Philo, usou essa palavra com o significado de arquétipo e ideia primordial. Ao aplicar esta definição a Jesus, Ele é o protótipo, o padrão, ou a pedra angular. Isto denota o Seu estatuto e caráter e não a sua origem.

Jesus é o primogênito de toda a criação, (Hebreus 1:6), e todos os seus anjos são convocados para adorá-Lo. Ele é o primogénito de entre os mortos, (Colossenses 1:18), que traz vida ressurecta para todos os que crêem no Seu nome. Ele também é o primogênito entre muitos irmãos, (Romanos 8:29), tornando-se, assim, o ponto culminante da graça de Deus ao redimir a humanidade da condenação. O Filho unigênito, (único em espécie), é o primeiro-nascido, (protótipo), e o cabeça do corpo, que é a Igreja do Primogénito, (Hebreus 12:23). Para esta grande assembleia de crentes, Jesus é o seu Senhor e padrão, e todos devem ser conforme à Sua imagem.

Aqueles que colocam a sua fé em Jesus como seu Senhor e Salvador, tornam-se parte da família de Deus. Tu podes ser o único crente na tua família, no teu trabalho ou na tua escola, mas tu não estás sozinho. Deus separou-te. Ele fez de ti único. A Sua natureza divina foi-te dada e, através de ti, Ele quer trazer muitos outros à Sua família. O propósito de Deus é fazer-te como Cristo, a fim de criar uma humanidade redimida sobre a qual Ele reinará e será para sempre preeminente. Tu podes ser o primeiro, mas não és o último. Segue o padrão. Deixa a tua vida refletir a beleza e a santidade do Senhor. Sê cheio do Seu amor e vida, e vais ver como outros experimentam as maravilhas da Sua graça.

Escrituras Para Meditar:
João 1:1, 14; 3:16-18; Romanos 8:29; I João 4:9-10; Colossenses 1:18

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa