A Carreira Cristã

Quatro Princípios para corrermos a Carreira Cristã

Introdução: O capítulo 11 de Hebreus, retrata a vida de grandes homens de Deus que tiveram que passar pelo mesmo percurso e fizeram-no com vitória, e hoje eles são não somente um exemplo para nós, mas são testemunhas do nosso desempenho. Vidas que nos encorajam e que mostram que podemos viver a vida cristã, alcançado os objectivos que Deus tem estabelecido para nós em vitória! Estes homens são mencionados como homens de fé, no final da nossa carreira queremos ser retratados da mesma forma.

I. Largarmos todo o Embaraço

II Coríntios 2:11

Devemos estar conscientes das armas que Satanás usa contra nós para nos impedir de correr esta carreira. Devemos reconhecer as nossas fraquezas e tratá-las diante de Deus. O que é um embaraço? Estorvo/impedimentos.

  1. Podem ser emocionais: mágoas, dor, ressentimentos, viver no passado, etc.
  2. Podem ser realizações pessoais: profissão, ambições, etc.
  3. Podem ser sociais: relacionamentos, meios sociais, amizades, etc.
  4. Podem ser circunstâncias: morte de alguém, finanças, tribulações, etc…

Alguns embaraços quando não são tratados podem conduzir ao pecado.

II. Largarmos todo o pecado

Colossenses 3:5-11

Devemos voltar a reconhecer nas nossas vidas o Senhorio de Deus, Deus não quer ser somente Amigo ou Pai, Ele quer ser Senhor. Temos que reconhecer a autoridade de Deus e não tratar a Sua Presença com leviandade, Ele não aceita «fogo estranho».

  1. Tudo o que é contrário à Palavra de Deus é errado (se aquilo que eu penso não corresponde com aquilo que a Bíblia ensina eu estou errado…);
  2. Devemo-nos apresentar diante de Deus com mãos limpas e coração pura;
  3. Reconhecer o pecado que temos praticado;
  4. Arrependermo-nos enquanto sentimos que o Espírito de Deus contende connosco, para que não seja tarde demais.

Hebreus 12:16, 17 «e ninguém seja devasso, ou profano como Esaú, que por uma simples refeição vendeu o seu direito de primogenitura Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a bênção, foi rejeitado; porque não achou lugar de arrependimento, ainda que o buscou diligentemente com lágrimas.»

III. Perseverança

Colossenses 3:5-11

  1.  Temos que saber que estamos numa maratona, vamos levar a nossa vida inteira para correr esta carreira.
  2. Temos que saber que no mundo temos tribulações + temos a paz de Deus para ultrapassá-las (passamos pelas situações + não devemos permanecer nelas; elas não devem moldar a nossa vivência) c. perseverança é um exemplo que Jesus nos dá (e se Jesus tivesse desistido quando suportou a afronta da cruz, quando foi humilhado?…)

Hebreus 12:3 «Considerai, pois aquele que suportou tal contradição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos canseis, desfalecendo em vossas almas.»

III. Olhando firmemente para Jesus, Autor e Consumador da nossa fé

Hebreus 10-12-18

  1. Olhos colocados no nosso exemplo Jesus (quando desviamos o nosso olhar d`Ele, desviamo-nos facilmente da estrada/ caminho/carreira)
  2. Certeza de que Ele é o autor da nossa fé (não há espaço para duvidarmos daquilo que nos é proposto por Deus. Jesus é o autor da nossa fé e não somente Ele inicia, mas é fiel para nos fazer chegar até ao fim)
  3. Consumador – Aquilo que Jesus fez (obra na cruz) foi feito perfeito, não precisamos de adicionar nada. Vamos confiar que à medida que seguimos cada princípio a nossa fé é aperfeiçoada para conseguirmos não somente crer, mas ver aquilo que Jesus já consumou por nós.

Conclusão: Jesus coloca-se a Ele mesmo como exemplo para cada um de nós, por isso devemos olhar para Ele, sem desviar o nosso olhar; ao mantermos os nossos olhos em Jesus não nos vamos distrair com embaraços, não vamos deixar que o pecado nos prenda, porque não estamos a olhar para os lados, os nossos olhos estão no nosso objectivo, queremos alcançar a meta e porque conseguimos ver a meta não vamos parar, vamos perseverar e no caminho não somente Jesus confirma a nossa fé mas também vai aperfeiçoa-la.

Se alguma destas áreas tem sido um impedimento para nos desviarmos da carreira que nos está proposta devemos, pois, buscar ao Senhor enquanto achamos lugar para arrependimento.

Hebreus 12:12-14 «Portanto levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes e fazei veredas direitas para os vossos pés, para que o que é manco não se desvie, antes seja curado. Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor,»