O Poder da Concordância

[Read the devotional «The Power Of Agreement» in English.]

O mais poderoso número na Bíblia é o n.º 1. Deus é um, porém três, (a trindade). A unidade assume que há mais do que uma pessoa e que elas estão em concordância. Ser um é unidade, e é aqui que Deus ordena a bênção (Salmos 133). Embora a Sua criação seja bastante diversificada, Ele deseja que nós, também, nos tornemos um. Através da nossa fé no Senhor Jesus, nós tornamo-nos um com Ele em espírito (I Coríntios 6:17).A bênção da aliança no casamento, junta dois indivíduos tornando-os um. Jesus orou isto sobre os seus discípulos (12), para que se tornassem um, assim como Ele é um com o Pai (João 17:21).

Pecar é fazer o que é certo aos nossos olhos. É o individualismo que nos separa de Deus e dos outros. Quando confessamos o nosso pecado, o Seu perdão restaura-nos e estabelece um relacionamento saudável com Ele. Confissão é dizer o mesmo que Deus diz. É concordarmos com Deus acerca do nosso pecado, sobre quem Jesus é, e sobre o Seu plano redentor. Quando oramos em concordância com alguém, há uma promessa tremenda de resposta à oração. Jesus disse: “Se dois de vós na terra concordarem acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito pelo meu Pai, que está nos céus” (Mateus 18:19).

Porque a concordância é tão poderosa, a Bíblia também nos avisa sobre com quem, e o sobre o quê devemos entrar em concordância. O profeta Amós disse que duas pessoas não podem andar juntas a menos que estejam em concordância (Amós 3:3). Então, com quem tens andado? Quem são os teus amigos? Provérbios diz: “Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos tolos sofre aflição” (Provérbios 13:20).

Paulo avisa-nos para “não nos prendermos ao jugo desigual com os ímpios” (II Coríntios 6:14). Isto significa juntarmo-nos a alguém com quem não estamos em concordância. Quer creiamos ou não, convivermos com as pessoas erradas corrompe-nos. Podemos encontrar alguma satisfação e estímulo para a nossa alma, mas temos negado a nós mesmos o poder disponível na concordância.

Tal como aconteceu com Eva, a tentação surge quando começamos a ouvir o conselho do inimigo. Apenas ouvir foi o suficiente para afastar Eva da palavra de Deus e para ela entrar em concordância com as ideias de Satanás. Isto levou-a a um lugar onde ela nunca pensou estar. No Salmo 1 nós vemos esta digressão: andar, deter e sentar (Salmo 1:1). Isto impede o nosso crescimento no Senhor e não nos deixa progredir na vida.

A fé, por outro lado, vem pelo ouvir e ouvir a Palavra de Deus e entrar em concordância com Ela (Romanos 10:17). Leva-nos de uma posição em que estamos sentados com Cristo nos lugares celestiais para permanecermos firmes na nossa fé e caminhar no Espírito. A concordância com a vontade de Deus é poderosa.

Escrituras Para Meditar
I Coríntios 15:33; Atos 4:31-33; João 17; Salmos 133, Mateus 18:19; Mateus 6:9-14

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa