A Vontade de Deus – Perfeita ou Permissiva?

Recursos
Apontamentos: A Vontade de Deus – Perfeita ou Permissiva? (PDF)

Apontamentos

Mateus 24:3-14, «[…] e este evangelho do Reino será pregado em todo mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim.»

Fatalismo: Tudo é determinado por Deus, (destino).
«Que será, será». As nossas escolhas não têm importância porque Deus vai fazer o que Ele quer (predestinação). «Oxalá» Esta atitude resulta em apatia e busca dos prazeres imediatos.
Livre Vontade ou Arbítrio: Podemos determinar o nosso rumo através das escolhas. Cada escolha é acompanhada com consequências (relação causa—efeito).
Colaboramos com Deus em fazer a Sua Vontade.

I. A Vontade Perfeita de Deus é Determinada

  1. Quando Deus diz que algo vai acontecer, então, vai acontecer.
    • «E este evangelho do Reino será pregado […]» – Mat. 24:14
    • «Recebereis a virtude do Espírito Santo […] e ser-me-eis testemunhas […]» Actos 1:8 (500 ouviram, mas 120 receberam – I Cor. 15:6)
    • «[…] Todo Israel será salvo […] este será o meu concerto com eles, quando eu tirar os seus pecados.» – Rom. 11:26-27
  2. Não sabemos o tempo em que é cumprida, mas a Sua Vontade será feita.
    • «[…] Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.» Actos 1:7

II. A Vontade Permissiva de Deus é Temporária

  1. Deus não quer que ninguém pereça, mas que todos os homens se salvem. – I Tim. 2:4; II Pedro 3:9
  2. Deus não julga agora para dar tempo às pessoas para se arrependerem. – Apoc. 2:21
  3. Vai chegar um dia em que a porta fica cerrada. (Mat. 22:2-14 – «[…] Muitos são chamados, mas poucos escolhidos.»)
  4. Sendo espectador dos eventos nos últimos dias não é a mesma coisa que fazer a Vontade de Deus. Ser perito em discernir os tempos, em analizar os sinais de vinda do Senhor, não garante nada. (ex., três sapos)

III. Temos que Escolher e Fazer a Sua Vontade

  1. Livre arbítrio determina se experimentas ou não a vontade perfeita de Deus.
    • «E abrir a porta» – Apoc. 3:20
    • «Se confessarmos os nossos pecados» – I João 1:9
    • «Para que experimenteis […] a perfeita vontade de Deus» – Romanos 12:2
    • «Ao que vencer […]» – Apoc. 2:7
  2. Relacionamentos são baseados na livre vontade.
    • Amor não é forçado.
    • Podes esfriar o teu amor se não desenvolves um relacionamento. – Mat. 24:12
    • Um relacionamento com Deus, (ou com qualquer pessoa), acaba quando der como garantido este relacionamento. Quando pensas que estás na vontade perfeita de Deus sem fazeres nada.
    • Fatalismo termina a liberdade.
    • Não escolher, já é uma escolha.
  3. Transformar a mente para experimentar a vontade perfeita de Deus, (Rom. 12:2).
    • Renuncia à doutrina de separação de clero/leigo.
    • Reconhece que não há espectadores no Reino de Deus.
    Todos os membros do corpo são necessários.

«É fácil profetizar segundo as indicações naturais. Os verdadeiros profetas concentram-se na Vontade e Mente de Deus revelada para saber como declarar e não segundo as aparências. (Isaías 11:3)» — Cesar Nieto

«Dizem paz, paz, quando não há paz» — Jeremias 6:14