Submissão Mútua

[Read the devotional «Equal Submission» in English.]

Num mundo em que o pós-modernismo é a filosofia da maioria, verdades espirituais como “autoridade” e “submissão” tornaram-se turvas. O Pós-modernismo enaltece a ideia de que cada um determina por si mesmo o que é certo ou errado. A ênfase é no relativismo, e com relação a autoridade fala de submissão mútua.
Isto enfraquece a ordem de Deus, a Sua autoridade, e o Seu propósito em relação à responsabilidade individual. O resultado é: famílias que se separam por simples desacordos e igrejas que sofrem divisões.

O ensino claro das Escrituras sobre a autoridade e submissão é negado, tendo como base as mudanças culturais.
Aqui estão cinco advertências sobre o perigo de “submissão mútua”, de como ela determina a forma como vivemos em casa, igreja e sociedade.

1) O ensino de submissão mútua no “temor ao Senhor”, (Efésios 5:21), deve ser equilibrado pelo ensino da responsabilidade individual, (Efésios 5:22-32). A verdade fora de equilíbrio leva a heresia;

2) A submissão mútua leva à eliminação de toda a autoridade. Parece que projeta a ideia de que, embora toda a autoridade venha de Deus, quando dada ao homem, Deus perde o controlo, e então o homem abusa. Por medo deste abuso e de alguém ter mais poder do que outro, a autoridade é distribuída igualmente a cada pessoa;

3) A base da rebelião consiste no desejo de alguém ser igual. Satanás não queria ser maior do que Deus, mas ser igual a Ele. (Isaías 14:14). Este é o fundamento do humanismo, em que cada pessoa é o seu próprio deus, onde o objetivo é a tolerância mútua e a convivência pacífica. É como nos dias dos Juízes “cada um fazia o que parecia reto aos seus olhos.” (Juízes 21:25);

4) Submissão mútua não dá valor ao poder da influência. Existem dois tipos de poder: um é pela posição, e outro por influência. Os dois trabalham juntos. Sem a posição a influência torna-se manipulativa, e sem a influência a posição corre o risco de ser abusiva e autoritária;

5) Elimina a necessidade de atitudes piedosas. Em I Pedro 3:1-6, as atitudes da esposa têm um poder e influência tremendas no seu lar, ao ponto de ganhar o marido incrédulo. Sem submissão estas atitudes não são cultivadas.

Embora a submissão mútua pareça boa e razoável, é destrutiva para os valores que temos abraçado. A autoridade e submissão salientam a responsabilidade pessoal, levando-nos a prestar contas e a ser responsáveis por outros. Esta é a base para uma sociedade moral, em vez de anárquica.

Escrituras Para Meditar
Romanos 13, Efésios 5:21-32; I Pedro 3:1-7; Salmos 68:6

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa