Fé Orgânica

[Read the devotional «Organic Faith» in English.]

Em quase todos os supermercados, há uma seção para alimentos orgânicos. Com o aumento da consciencialização sobre o perigo de pesticidas e hormonas reforçadas nas carnes, mais e mais pessoas estão dispostas a pagar um pouco mais por produtos e carnes que são cultivados organicamente. Orgânico refere-se a uma entidade viva, um organismo, que é livre de poluentes e aditivos artificiais.

A agricultura orgânica rende menos, demora mais tempo e custa mais para produzir, mas o solo é mais rico, faz maior retenção de água e o sabor é melhor. Neste tipo de agricultura voltamos à forma original da produção alimentar. Este novo interesse por comida orgânica, também tem influenciado muitos a descobrirem a essência da sua fé em Jesus Cristo. A correria da vida, a ênfase em fazer obras que podiam ser agradáveis para Deus e outros, e a natureza rotineira de grande parte da devoção cristã, criaram em muitos um sentido de realização que não é natural.

O solo da sua vida espiritual tornou-se pobre de todos os nutrientes e, embora eles recebendo a sua “água” semanal, há pouca retenção e crescimento. É como beber água com gás. Quando o estômago parece cheio, ainda está vazio. Quando o gás se dissipa, a sensação de vazio volta. Eu acredito que a fé orgânica descreve o tipo de relacionamento que Deus deseja ter com o homem. É abraçar Cristo como o Caminho, a Verdade e a Vida.

A saúde da planta vem da raiz, não dos ramos. Assim, ao utilizar esta metáfora agrícola, vamos voltar a um estilo de vida espiritual orgânica. Aqui estão algumas orientações úteis:

1. Retira da tua vida todos os pesticidas. Tem cuidado para não consumires ou transmitires atitudes que podem prejudicar-te e aos outros. O ressentimento é como tomar veneno e, em seguida, esperar que o outro morra.

2. Concentra-te em manter um relacionamento saudável com Deus; livre da pressão da produtividade, do desempenho e dos resultados.

3. O crescimento é natural quando meditas sobre a Palavra, rega-a em oração e partilha-a com os outros. Lembra-te, o crescimento natural leva mais tempo do que a produção artificial. Respeita as estações naturais da vida.

4. A vivência orgânica exige mais tempo de separação para Cristo. Não é o caminho mais fácil a seguir, mas é de longe, menos stressante e com menos desperdício.

5. O objetivo de Deus é atrair-nos ao Seu amor e ao Seu coração.

6. A fé orgânica é, também, boa para o ambiente. Outros ao teu redor são abençoados pela tua presença e atraídos a desejar o mesmo tipo de fé que tu tens.

Depois de um tempo aparentemente, infrutífero a debater com os filósofos gregos em Atenas, Paulo foi a Corinto. Mais tarde, ele escreveu sobre essa experiência quando ele disse: “E eu, irmãos, quando fui ter convosco, anunciando-vos o testemunho de Deus, não fui com sublimidade de palavras ou de sabedoria. Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado,” (I Cor. 2:1-2).

Paulo viu a futilidade do debate e focou-se no que é essencial. Ele confiou unicamente no poder de Deus, e não nas suas capacidades. Ele voltou para a sua fé orgânica.

Escrituras Para Meditar
I Samuel 16:7; I Coríntios 2:1-2; Salmo 37:1-7; 19.14; Mateus 22:37-40

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa