Rodeado pelo Inimigo

[Read the devotional «Surrounded By The Enemy» in English.]

Há muitas expressões que são usadas para comunicar a sensação de estar cercado pelo inimigo. “Entre a espada e a parede”, “nenhuma luz no fim do túnel”, “sem escapatória”, e “encurralado”, são apenas alguns exemplos. É uma sensação de falta de esperança e desespero. Estou certo de que cada um de nós tem tido estes sentimentos em algum momento das nossas vidas. Então, o que fazemos quando nos encontramos no poço do desespero? Desistimos? Chupamos limões, enquanto nos afundamos na nossa autopiedade? Essa é uma opção, mas não a que eu escolheria.

Então, como vamos sair da depressão? Eu descobri várias chaves para viver uma vida emocional em vitória e, embora cercado pelo inimigo, governar sobre ele. A primeira chave é ter a perspectiva de Deus. Ele nunca é “controlado pelas circunstâncias”, mas está acima de tudo.

Houve um tempo na história de Israel em que o profeta Eliseu foi usado por Deus para avisar o rei dos planos do seu inimigo, o rei da Síria. O rei da Síria estava zangado com Eliseu e por isso procurava matá-lo. Quando ele soube que Eliseu estava a viver na cidade de Dotã, enviou um grande exército para o destruir. Quando o servo de Eliseu se levantou de manhã cedo e viu a cidade cercada por um exército de cavalos e carros, no seu coração amedrontou-se. Ele clamou ao seu mestre: “Ai, meu senhor, o que faremos?”, e Eliseu disse-lhe para não ter medo, porque o exército com Ele era maior do que o exército da Síria.

Isso não fez sentido para o servo, porque naturalmente não era assim. O exército sírio era muito maior do que os habitantes de Dotã. Eliseu pediu ao Senhor para abrir os olhos do seu servo e quando os seus olhos se abriram, ele viu a magnitude do exército do Senhor (II Reis 6:8-20).

A perspectiva de Deus é: “Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti”(Salmo 91:7), “Maior é aquele que está em vós do que o que está no mundo” (I João 4:4), “Toda a ferramenta preparada contra ti não prosperará” (Isaías 54:17),”vindo o inimigo vem como uma corrente de águas, o Espírito do Senhor arvorará contra ele a sua bandeira” (Isaías 59:19). Deus está no trono e Ele ri dos planos do inimigo. A Sua palavra é a palavra final. Jesus orou para que não fossemos tirados do mundo, mas para que os problemas do mundo não reinassem sobre nós.

A segunda chave está na ação de graças. Quando sentires que as circunstâncias querem tomar controle, louva ao Senhor. Louvor e gratidão são uma arma poderosa contra o inimigo. Não deixes que as circunstâncias ditem como te sentes ou ditem a tua resposta a elas. Paulo escreveu aos Tessalonicenses para se alegrarem sempre e darem graças em todas as circunstâncias, Tessalonicenses 5:18. (Nota: é “em”, e não “por”, EM todas as situações que nos podemos encontrar). Se fosse “por”, então devíamos resignar-nos a uma visão de um mundo fatalista de “oxalá” ou “o que será, será”.

Ação de Graças é uma declaração de confiança. É saber que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que estão em Cristo Jesus (Rom. 8:28).

A terceira chave para a vitória sobre a depressão é desfrutares a vida que tens. Paulo disse que ele tinha aprendido a viver contente em qualquer circunstância em que se encontrasse; quer fosse com abundância ou com escassez (Filipenses 4:11-13). Ele sabia que em Cristo ele poderia fazer todas as coisas. Enquanto há vida, há esperança.

Então, não te lamentes sobre o que não tens e começa a desfrutar a vida. Deus colocou uma mesa farta no meio de nossos inimigos. Não fujas dela; desfruta.

Escrituras Para meditar
Salmo 23:5; 110:2-3; 103:1-5; João 17:15; I Tessalonicenses 5:18; I João 4:4; Filipenses 4:11-13

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa