Cuidado, Olhinhos, com o que vêem

[Read the devotional «Be Careful Little Eyes What You See» in English.]

Há um ditado popular que alguns pensam ser da Bíblia, mas não é. O ditado diz: “os olhos são a janela da alma”. Há sabedoria nestas palavras e têm-se feito muitas adaptações e variações deste ditado em todo o mundo. Os três macacos sábios, “Mizaru”, japoneses, (onde um cobre os olhos, o outro os ouvidos e o terceiro a boca), referem-se a: “Não ver nada de mal, não ouvir nada de mal e não falar nada de mal”.A sabedoria por de trás disto é que aquilo que recebes dentro de ti, terá uma influência sobre o teu comportamento. Os cientistas da Universidade de Orebro, na Suécia, descobriram no estudo do olho que os padrões da íris indicam o estado da alma da pessoa; se é calorosa e confiante ou neurótica e impulsiva. Talvez os olhos sejam realmente as janelas da alma.

O que vemos é processado pela nossa mente e emoções. Julgamentos são feitos, sentimentos evocados, atitudes formadas e medidas tomadas, apenas através da observação visual. As artes visuais do cinema e fotografia são um meio poderoso para influenciar a opinião pública. As campanhas políticas gastam milhões apenas para criar a imagem visual certa, sabendo que o que um potencial eleitor vê irá influenciar as suas decisões. A publicidade é a chave do sucesso para muitas empresas, quando conseguem que a marca de um produto entre nos recessos da alma de uma pessoa. Quanto mais forte, emocionalmente, for a imagem, mais poderoso é o seu efeito sobre o comportamento e mais duradoura na memória da pessoa.

As massas podem ser manipuladas através de imagens, tal como uma fotografia pode ser alterada no Photoshop. A arte do ilusionista é fazer-te crer que aquilo que pensas que vês é real. Então, tal como diz a música da escola dominical: “Cuidado olhinhos com o que vêem, porque o Pai Celestial está a olhar para ti com amor, cuidado olhinhos com o que vêem.” Um dia, enquanto relaxava no terraço do seu telhado, o rei Davi permitiu que os seus olhos vagueassem pela casa do seu vizinho. Ele viu a bela Betseba a tomar banho. Com esta imagem visual, a emoção da luxúria foi concebida. Ele agiu segundo essa emoção e com que aquela mulher fosse levada à sua casa, onde eles cometeram adultério. Para encobrir o seu pecado, ele mandou matar o marido desta mulher, para que ela fosse sua esposa. Ele não foi cuidadoso com os seus olhos e caiu em pecado.

Jesus disse que, se o teu olho te faz tropeçar, é melhor arrancá-lo do que seres lançado no inferno por causa disso, (Mateus 18:9). Jesus chama ao olho a lâmpada do corpo, (Lucas 11:34). Se o teu olho é bom e cheio de luz, em seguida, todo o teu corpo será luminoso. “Em Sua luz, vemos a luz,” (Salmos 36:9). A internet trouxe a tentação à nossa porta. Ao navegarmos na internet, podemos ver o bom, o mau e o feio. Muitos crentes usam a rede para se manterem atualizados com o que acontece nas igrejas. Eles têm bons motivos, querem saber o que Deus está a fazer em diferentes igrejas ao redor do mundo e são abençoados com a adoração, pregação e com a produção global de mega ministérios. No entanto, ao fazê-lo tornam-se críticos e impacientes com a sua igreja local. A tentação alimenta a ideia de que a erva é mais verde do outro lado da cerca.

A pornografia expõe mulheres mais desejáveis do que a tua, assim como a publicidade impele-te a comprar o que não precisas. Jó manteve essas tentações afastadas, ao fazer uma aliança com seus olhos.Tu podes tornar-te no que vês. Davi aprendeu, da maneira mais difícil, a não colocar os seus olhos em coisas inúteis, (Salmos 101:3), mas sim a levantar os olhos para o Senhor. Não devemos ser desviados pelas concupiscências dos olhos, mas como disse Salomão: “Os teus olhos olhem para a frente…,” (Provérbios 4:25). Contempla o Senhor e a Sua glória e serás transformado à Sua imagem.

Escrituras Para Meditar
Lucas 11:34; Mateus 18:9; Job 31:1; Salmos 36:9; 101:3; 119:15; 121:1; Provérbios 4:25; 23:26

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa