Peso Justo

[Read the devotional «Just Weights» in English.]

Alguma vez já pensaste sobre o que Deus odeia? Em Provérbios temos várias listas do que é uma abominação para o Senhor, destacando-se especialmente para mim a que se encontra em Provérbios 20:10: “pesos desiguais e medidas desiguais são ambas igualmente abominação ao Senhor.” No mesmo capítulo, no versículo 23, Salomão repete, assim como o faz no capítulo 11, versículo 1. Essa advertência também é encontrada nos Salmos, assim como no terceiro livro de Moisés, (Levítico).Quando algo é repetido tantas vezes nas Escrituras, é para enfatizar a sua
importância. Há uma certeza de que Deus odeia pesos injustos. Quando se vai ao mercado e pede-se um quilo de batatas, espera-se um quilo de batatas. O merceeiro coloca as batatas na balança e pesa a quantidade que queremos. Nós confiamos que a balança está correta e que estamos a receber o que foi solicitado.

Uma balança é injusta quando é adulterada e o que recebemos é menos do que pedimos. Quando eu me peso, o meu desejo é que a balança mostre o valor diferente daquele que mostra, mas ela mostra o valor certo. Não é o que acontece com frequência? Queremos uma medida para nós e outra para os outros. Queremos pagar menos impostos do que os outros e não ser multados quando violamos uma lei de trânsito. Deus diz que pesos injustos são uma abominação para Ele. Ele odeia quando nós tratamos a nossa família e os nossos amigos de forma diferente do que os que não o são, ou quando somos diligentes em pagar o dízimo, mas não os nossos impostos, (ou vice-versa). Tudo isto Deus odeia.

Deus julga com equidade. Esta é a qualidade de ser justo e imparcial. A Sua palavra (Seu padrão) é o mesmo para cada um de nós. Grande parte do tempo o nosso julgamento é tendencioso e manchado pela subjectividade e comparação. Dizemos: “João é uma boa pessoa”, só porque ele não é tão mau como o Francisco, e porque ele é “bom”, ele deve obter mais privilégios do que o Francisco. Quando o João chumba num exame, nós pensamos que ele deve passar no curso, ou que pelo menos deve-lhe ser dada outra oportunidade para fazer de novo o exame, porque ele é uma boa pessoa. O padrão de Deus é justo e é o mesmo para todos.

Quando Josué estava prestes a ir para a batalha contra os habitantes de Jericó, apareceu um anjo com uma espada desembainhada. Josué perguntou-lhe: “És tu dos nossos ou dos nossos inimigos?” (Josué 5:13). O anjo respondeu que ele não era nem por Josué, nem pelos seus inimigos, mas que ele era o comandante dos exércitos do Senhor. Deus não toma partidos, devemos escolhê-LO. Ao julgar com equidade, Deus diz: “Todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus,” (Romanos 3:23). Deus tem escrito na parede: “Pesado foste na balança e foste achado em falta,” (Daniel 5:27). Os pesos de Deus são justos. Somos todos pecadores. A consequência do pecado é a morte. A morte é a separação de Deus.

Ao providenciar a salvação para o Homem, Jesus tomou o nosso pecado sobre Si. Ao fazer isso, Ele tinha que morrer. Deus é justo. Ele não tem uma medida para nós e outra para o seu Filho. Jesus teve que ser “separado” do Seu Pai para ser capaz de devolver-nos a Deus. Ao fazer isto, a justiça de Deus foi satisfeita e nós fomos redimidos. Não é de surpreender que Deus odeie pesos injustos. Sendo justamente redimidos, foi-nos dada a justiça de Cristo. Apenas podemos ser justos porque Ele é justo. A equidade exige envolvimento. Podemos ser muito idealistas e falar muito sobre o mal na sociedade e sobre o sofrimento de tantas crianças indefesas, mas, até que estejamos realmente a ajudar, é apenas superficial.

Tu não podes fazer a diferença, ao fazer pesquisas na internet, ou ao ler um livro, ou ao usares uma pulseira. Viver por pesos justos é a “Regra de Ouro”. É fazer aos outros o que gostarias que te fizessem a ti.

Escrituras Para Meditar
Levítico 19:36; Provérbios 20:10, 23; 11:1; Salmos 98:9; 96:10; Mateus 7:12; Romanos 6:23

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa