As Chaves do Reino

[Read the devotional «The Keys Of The Kingdom» in English.]

No dia em que Pedro teve a grande revelação de que Jesus era o Cristo, o Filho do Deus vivo, também recebeu a promessa de que iria receber as chaves do Reino dos Céus. Note-se que a Bíblia diz que existem chaves ‘do’ e não para o reino. Jesus é a porta e a porta está aberta para todos os que crêem. No entanto, uma vez dentro do Reino de Deus há muitas salas cheias de bênçãos que devem ser destrancadas.

Alguma vez já tiveste uma chave e não sabias a que fechadura pertencia? Assim como aquele que não lê não é melhor do que aquele que não sabe ler, também é assim com as chaves do Reino. Se tu não sabes como usar as chaves, é como se não as tivesses. Jesus disse que os escribas e fariseus tinham as chaves, em outras palavras, que eles conheciam as Escrituras, mas não entravam e impediam aqueles que desejavam entrar (Lucas 11:52). A chave é um símbolo de autoridade.

No tempo de Isaías, foi dada a Eliaquim, o sacerdote, a chave da casa de David. A Bíblia diz que foi dada autoridade para que aquilo que ele fechasse nenhum homem pudesse abrir e o que ele abrisse nenhum homem pudesse fechar (Isaías 22:22). Quando Jesus disse a Pedro que lhe dava as chaves do Reino, Ele acrescentou: “tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus.” (Mateus 16:19)

O significado da palavra, desligar, no grego é destrancar, e o significado de, ligares, é trancar. A cada crente tem sido dada a autoridade para destrancar o que está no Céu e trazê-lo à terra, ou podemos trancar o que está no céu e nunca vai chegar até nós aqui na terra. Para sermos capazes de aceder à sala da vitória, da paz, do suprimento, ou da cura, precisamos de saber qual é chave que se encaixa na porta certa.

Jesus veio para nos revelar os segredos do Reino. O Reino precedeu a criação e sempre foi a intenção do Senhor que o Reino fosse estabelecido aqui na terra. O derramamento do sangue de Jesus e a Sua morte e ressurreição não eram o fim, mas sim um meio para atingir o fim. A redenção abriu a porta para que todos pudéssemos experimentar a vida no Reino.

Então, por que é que tantos crentes não conseguem experimentar a vida no Reino? Eles podem estar sempre a aprender as Escrituras, mas continuam na ignorância dos seus segredos; em outras palavras, as suas chaves. Eles permanecem no hall de entrada, tentando chave após chave, com a esperança de abrir as portas.

Deixa-me dar alguns exemplos.

Uma chave é a do perdão. Quando tu perdoas, então és perdoado. Se tens alguma coisa contra alguém, tens trancado a porta para o teu próprio perdão e livramento da culpa.
Se o marido não vive em compreensão para com a sua esposa, as suas orações são prejudicadas (I Pedro 3:7).
As tuas ofertas não são aceites, se alguém tem algo contra ti. A porta para a provisão financeira está bloqueada (Mateus 5:23).

Quando usas a chave do perdão, a porta para muitas bênçãos é aberta e tu tem acesso a elas. Outra chave é ser um pacificador (Mateus 5:9). A chave da pacificação abre a porta da filiação. Sendo filho tens privilégios e direitos. Jesus curou uma mulher (que estava tão incapacitada que não conseguia manter-se em pé), por ser uma filha de Abraão; não porque Ele sentiu pena dela. Os líderes religiosos tinham as chaves, mas não as usavam. Jesus abriu a porta para a cura e a vida desta mulher mudou.

Tu podes conhecer as promessas, mas sabes qual é a chave certa para abri-las?

Escrituras Para Meditar
Mateus 16:13-20; 18:18; 25:34; Isaías 22:22; Apocalipse 3:7; Lucas 11:52; 16:15

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa