Atalaias sobre os Muros

[Read the devotional «Watchmen On The Walls» in English.]

Havia uma partida que fazíamos aos nossos filhos, (e às vezes a outros), enquanto orávamos antes da refeição. Quando estavam todos de olhos fechados, um de nós levava um dos pratos e escondia-o. Depois de orarmos, aquele a quem faltava o prato exclamava: «hei, quem levou o meu jantar?» Nós riamos e íamos buscar o prato que faltava e em seguida dizíamos: «deves vigiar e orar.»

Nos tempos bíblicos, os atalaias eram importantes para a defesa da cidade. A cidade era protegida por muralhas, mas sem os guardas a cidade podia ser facilmente tomada pelo inimigo. Na escuridão da noite, os espiões podiam subir os muros para avaliar as fraquezas das cidades, como no caso de Jericó, (Josué 2), ou até mesmo abrirem as portas para as forças invasoras entrarem. Os atalaias deviam alertar o exército para o perigo eminente. Se um guarda adormecesse no seu turno, ele seria severamente punido, às vezes até à morte, porque a segurança da cidade dependia dele.

Isaías usa o termo, atalaias, para descrever metaforicamente o ministério do intercessor. No capítulo 52, esses guardas deviam anunciar a vinda do Senhor para Sião. Eles deviam continuar a procurar todos os sinais proféticos para a Sua vinda e declarar esta Boa Nova com cânticos e alegria. Neste sentido, um atalaia devia procurar diligentemente na Palavra de Deus e discernir os tempos e as estações que foram profeticamente descritos nas Escrituras.

Isaías passa a descrever, no capítulo 62, estes guerreiros de oração como guardas sobre os muros de Jerusalém. Deviam manter as promessas de Deus, em relação a Jerusalém, sempre diante d`Ele. Eles deveriam declará-las continuamente. Deviam fazer Deus lembrar-se delas noite e dia e não Lhe dar descanso, até que tudo fosse cumprido. Este é um ministério de oração profética 24/7. É a tomada das promessas de Deus e orar essas promessas até que elas aconteçam. Estar «no muro» é uma vantagem. É onde se pode ver e ser visto; ouvir e ser ouvido. A partir deste lugar alto, o vigia pode alertar outros do perigo iminente e declarar as instruções do rei.

Os sinais do fim desta era e a vinda do Senhor vão encontrar muita gente desprevenida, pois a Bíblia diz que o Senhor virá como um ladrão na noite. Quando se está «no escuro», podemos ser apanhados de surpresa, por esta razão, foi-nos dado o Espírito Santo, para nos fazer compreender a Palavra de Deus, a fim de estarmos preparados para a Sua vinda. Paulo disse à igreja de Tessalónica para estar desperta e sóbria, para não ser apanhada de surpresa. Sendo filhos da luz, devemos vigiar e orar. A ignorância não é boa, é perigosa. Satanás procura a quem possa tragar. Esteja alerta às suas artimanhas e esquemas. Olhe para a Palavra de Deus e ore. Como um atalaia, declare noite e dia as promessas encontradas na Palavra. A vinda do Senhor está próxima.

Escrituras Para Meditar:
Isaías 52:8; 62:6; I Tessalonicenses. 5:4-11; Ezequiel 3:17; 33:6-7; Salmos 127:2; 119:148

Publicado por

Pr. James Reimer

Pr. James Reimer

James Reimer nasceu em Fairbanks, Alaska, EUA. Apesar de ter sido criado num lar cristão, ele envolveu-se no tumulto da década de 60 e entrou na subcultura das drogas. Na véspera de 1971, em Starnberg, Alemanha, a sua vida mudou radicalmente ao ter um encontro com Jesus Cristo. Leia a biografia completa